....................A Primeira Bicicleta Motorizada

Quando Sylvester Roper, um senhor de 73 anos, apareceu em uma pista de corridas de bike em Boston, em cima de sua máquina – uma bicicleta motorizada a vapor d’água (“steam-powered”) – os jovens pilotos riram da sua cara.
Ali estava um velho senhor querendo correr, pilotando uma máquina estranha, pela pista de Charles Park, que tinha 1/3 de milha. Foi então que, depois de alguns segundos de corrida, todos os pilotos perceberam que Roper pilotava algo incrível.

 

Neste dia – primeiro de junho de 1896, 100 anos antes deu nascer! – Roper completou 3 voltas ao redor da pista em pouco mais de 2 minutos, com uma velocidade média de 30 milhas por hora. Então ele tentou ir ainda mais rápido. Na semana anterior, ele completara uma milha de distancia em Dorchester Avenue com uma velocidade média de 40 mph. O velhinho não era de brincadeiras, era corajoso, até demais.

O jornal “Boston Daily Globe” reportou o trágico evento que acontecera durante seu desempenho:

“A máquina estava voando, numa velocidade nunca antes vista, quando um espectador notou que sua bicicleta estava instável. A roda dianteira estava bamba e então o veículo foi arremessado, subitamente, da pista para as areias ao redor, jogando o piloto e capotando. Todos correram para salvar o inventor/piloto, que estava estirado, sem movimentos, embaixo da roda. Quando o tocaram, perceberam que ele estava morto.” A matéria continua: “ Dr. Welcott foi chamado e depois de examinar o corpo, deu a opinião deu sua opinião de que Roper já estava morto antes de deixar a pista.”

Depois foi anunciado que Roper havia falecido de um ataque cardíaco. Roper deixou pra traz um legado de bicicletas energizadas por vapor, que durou quase 3 décadas. Sua primeira bicicleta motorizada, que esta em exibição no “Smithsonian Institution”, foi construída em 1869, quase 20 anos antes da criação das bicicletas motorizadas a combustão interna de Gottlieb Daimler.

 

Segundo Sylvester Hope, o precursor da motocicleta “subiria qualquer ladeira e ultrapassaria qualquer cavalo”.